Dez razões para morar nos EUA

Este texto meu foi publicado no Brasileiras pelo Mundo em novembro de 2014. Sempre recebo mensagens me perguntando sobre como é a vida aqui nos EUA. Então fica aqui uma republicação deste texto super popular!

Todo mundo sabe que os Estados Unidos são um dos destinos favoritos dos brasileiros. Seja para “turistar” em Nova York ou na Disney, ou mesmo para “tentar a vida”, a terra do Tio Sam atrai milhões de brasileiros todos os anos. Mas por que os Estados Unidos? As razões são as mais diversas, e cada um tem as suas. Uns tentam uma vida melhor, outros pretendem aprender inglês, fazer faculdade ou outros vêm atrás de um grande amor. Eu vim porque o trabalho do meu marido o transferiu, nós achamos que seria um bom lugar para morar e já moramos aqui há mais de  3 anos.

1)      O idioma é o inglês – tudo bem, você pode não saber inglês fluentemente, mas ao menos alguma vez na sua vida você ouviu a frase “The book is on the table”. Em tese o idioma faz parte do currículo escolar, e a influência do idioma no Brasil é grande. Se você não sabe inglês, vai precisar aprender quando chegar aqui? Sim. Vai pagar muitos micos? Absolutamente sim. Mas muito pior é você morar na China e ter que conviver com o aprendizado do Mandarim.  Imagine a situação, em Xangai: você vai a uma loja destas como a Home Depot, que vende material para construção, e precisa ir desesperadamente ao banheiro. Você olha por todos os lados ansiosa para encontrar um, nem que seja um daqueles banheiros Chineses com apenas um buraco no chão. Nada! Ai você encontra um vendedor da loja e tentar iniciar uma conversa para perguntar onde fica o dito cujo do banheiro. Depois de muitas palavras desencontradas, e muita mímica, você pensa que ele te entendeu…..e ele te leva até o departamento que vende vasos sanitários ao invés de mostrar onde fica o banheiro!! Socorro! Então caro leitor, viver num país em que o idioma oficial é o inglês facilita muiiiiito a nossa vida! E temos ainda o Espanhol, que é o segundo idioma mais falado nos EUA, e sua proximidade com o Português faz com que todos nós sejamos PhD’s em Portuñol!!

 english2)      A vida é muito prática – de todos os lugares em que eu morei, os Estados Unidos são imbatíveis neste quesito. Existe produto para limpar de cueca encardida até parede manchada, e tudo o que você imagina pode ser comprado online. As lojas abrem cedo e fecham tarde. Drive through de todo tipo, de farmácia a banco. As crianças vão à escola das 8 às 15 horas, e la mesmo fazem várias atividades extra-curriculares, então aquela vida de “mãetorista” brasileira praticamente é inexistente. Muitas crianças se utilizam dos ônibus escolares, aqueles amarelos, então nem levar e buscar a prole na escola você precisa. Frutas e verduras limpas, cebola cortada, alho descascado, frango temperado. Tudo para facilitar a sua vida!

 3)      Boas escolas públicas – os EUA podem não ter a melhor educação do mundo, mas ainda estão muito à frente do Brasil. As escolas públicas são muito boas, e você só precisa morar na zona da escola para poder matricular seu filho. Claro que existem escolas ruins, mas se você souber escolher bem onde vai morar, poderá com certeza dar uma educação de qualidade aos seus filhos, e gratuita. A situação muda um pouco quando falamos sobre universidade, já que as melhores são pagas, e bem pagas!

school bus

4)      Esportes – se seu filho(a) gosta de praticar esportes e a família aposta que a criança tem futuro, aqui ela encontra todo o incentivo do mundo para se dar bem no esporte. É uma vida dura e cheia de dedicação, mas com chances de sucesso. As crianças que praticam natação, por exemplo, treinam todos os dias bem cedo, das 5 da manhã até a hora de irem à escola (e ainda depois da escola e nos finais de semana). O mesmo se dá para quem é bom em ginástica olímpica. Muitos pais até optam por home schooling (ensinar a criança em casa), para ter mais flexibilidade nos horários e para que a criança assim possa treinar mais. Tudo isso porque uma criança boa em esportes tem grandes chances de conseguir uma bolsa de estudos na universidade, que custa muito dinheiro por aqui. Agora eu consigo entender porque eles são tão bons nos Jogos Olímpicos!

5)      Aqui não tem novela das 8 – (a não ser que você seja assinante da Globo Internacional)!  Esse hábito, que a família toda se reúne ao redor da TV após o jantar para assistir à novela, não tem aqui. O que me choca não é a novela em si, que é cultura inútil mas tem até algumas com umas estorinhas divertidas – mas o fato de crianças pequenas assistirem a novela, cheia de sacanagem, de gente puxando o tapete do amigo, de mulher se vestindo de uma forma bem vulgar – e crianças de 6, 7, 8 anos assistindo junto com o papai e a mamãe na sala! E todo mundo acha isso completamente normal! Não acho de maneira nenhuma que a TV americana tenha programas de qualidade, mas eu acho que no Brasil as crianças são expostas muito cedo a programas impróprios à idade.

child TV

6)      Boa qualidade de vida – além de boa educação, o fato de se viver com mais segurança ajuda MUITO na sua qualidade de vida. E olha que os EUA estão longe de ser o paraíso nesta área, mas não achar que você pode constantemente ser assaltado, sequestrado e até assassinado todos os dias não tem preço, como diz o chavão da propaganda da Mastercard! A segurança associada a uma vida prática, boas escolas, parques, programas ao ar livre fazem com que tenhamos uma boa qualidade de vida aqui. Difícil trocar isso por uma vida na caótica São Paulo.

7)      Custo de vida  – devido ao tamanho dos EUA, pode ser que para alguns isto não seja um ponto favorável. Se eu ainda estivesse morando em Manhattan, o custo de vida com certeza não faria parte da minha lista. Mas em Houston eu posso dizer que o custo de vida é baixo se comparado a muito lugares do Brasil, inclusive São Paulo, de onde eu sou, e isto se estende a diversos lugares dos EUA.  Aqui no Texas não pagamos imposto municipal ou estadual – apenas imposto de renda e o Property Tax, que é mais ou menos como um IPTU. E embora o Property tax possa ser bem caro, pois varia de acordo com o tamanho e localização de sua casa, ainda assim eu acho o custo de vida baixo, se comparado a muitos das grandes cidades no Brasil.

8)      Turismo – Os EUA são um país enorme, o quarto maior do mundo, com diferenças regionais marcantes. Além de Orlando, Miami e Nova York, os queridinhos dos brasileiros, os EUA têm muitos lugares a serem descobertos, como grandes estações de esqui, parques nacionais, paisagens maravilhosas e clima para todos os gostos. E se você acompanhar os sites de venda de passagens aéreas vai perceber que é possível achar uma pechincha e conhecer um lugar diferente nas suas férias. Os preços praticados pelas cia aéreas e hotéis no Brasil parecem até piada de mau gosto quando comparados com o que se consegue por aqui.

colorado river

9)      O idoso continua a viver – no Brasil, eu tenho impressão que os idosos se isolam a partir de certa idade. Você encontra poucos idosos que viajam pelo país, que praticam exercícios todos os dias, que vão ao teatro. São minoria. Aqui eu me surpreendo ao encontrar idosos nadando na piscina do clube todos os dias, fazendo yoga, indo às compras sozinhos. Eu não me lembro de encontrar o pessoal da terceira idade fazendo ginástica na Cia Athletica, por exemplo (espero que isso tenha mudado). Claro que aqui não é o melhor país do mundo para se envelhecer por conta do custo altíssimo do seguro saúde, mas percebo que os idosos tem mais espaço na sociedade. Inclusive você encontra muitos deles trabalhando em lojas como Walmart ou Home Depot, por exemplo.

10)   Menos burocracia – se tem uma coisa que encontramos em excesso no Brasil, é burocracia. Tanto que existem os cartórios, uma instituição que existe para comprovar sua assinatura, para carimbar três vezes o mesmo papel e claro, cobrar taxas absurdas por esses serviços. Para abrir e fechar uma empresa no Brasil, você precisa de muitos documentos. Para fechar, então, é um parto à forceps. Nada é facilitado nesta área. Aqui tudo é mais simples. Precisa reconhecer firma de sua assinatura? Vá até o banco que você tem conta, e no próprio balção de informações eles fazem isso, na hora, sem cobrar nada. Igualzinho ao Brasil, né?

E você? Por que você gosta de morar nos EUA? Deixe seu comentário!

Fotos: Pixabay

PS- Gostou do texto? Não esqueça de curtir nossa página no Facebook!

40 Comments on Dez razões para morar nos EUA

  1. Obrigado pelo post isso me ajudo muito,eu vou para Kansas e pensei que seria muito mais burocratístico…

  2. Muito bom seu texto!! Estou morando em Oregon a 6 meses e estou gostando… nunca pensei em sair do Brasil, porem ja comeco achar que deveria ter vindo antes! bjs

  3. Excelente escrita! Texto muito interessante e cheio de personalidade! Parabéns!
    Queremos ir pra Louisville, Ky. Meu marido quer cursar um mestrado lá. Vamos daqui a 18 meses e não temos data pra retorno ao Brasil

  4. Monica obrigado pelo site… vc disse q Houston tem um custo de vida baixo, claro que isso depende da vida e bla bla bla, mas vc tem uma ideia se o custo de vida em Rochester, NY seria semelhante?
    conseguindo um trabalho com um salario anual de 60 a 70 por ano seria um bom salario para a região?

    • Gustavo, muito dificil para eu te responder isso. NY tem um custo de vida mais alto do que o sul, mas nao saberia dizer sobre Rochester. E tambem depende muito do estilo de vida para saber se 60-70 mil esta bom, Muita gente vive com isso, se voce pode viver, eu nao sei te dizer!

  5. Cássia Lisieux Costa Figueiredo // 14 de março de 2016 em 6:03 PM // Responder

    Excelente texto! Agradável de se ler. Você escreve de uma maneira maravilhosa, bem humorada! Eu precisava de informações sobre Houston.

  6. Gostaria de saber o valor em dólares do custo de vida numa cidade mediana nos EUA. Me aposentei e pretendo ir embora do Brasil com a família em breve.

    • Pedro, eu fiz um texto com um indicativo de custo de vida, de uma olhada no blog. Mas é muito relativo, pois depende do estilo de vida, etc. Boa sorte.

  7. show quero morar aí.

  8. poxa agora lendo tudo que li seu vontade de conhecer os EUA.

  9. Boa noite, queria saber em relação ao visto, como que eu faço para conseguir para estudar ai? precisaria contratar uma escola ai antes?

    • Sim, voce pode procurar escolas de ingles aqui ou Community Colleges que oferecem cursos mais baratos. Com o curso pago voce da entrada no seu visto no Brasil. Mas eu nao sou especialista no assunto, entao procure se informar direitinho.

  10. ☺Amo e devo tudo que tenho aos States, moro aqui a 25 anos ,tenho cidadania a mais de 15, nunca mais morarei no Brasil, vou somente p/ visitar familiares mas depois de 1 semana lá sinto uma saudade tremenda daqui, moro em NYC e Baltimore MD. Brasil depois do PT sair tenho certeza que vai demorar no mínimo uns 10 anos pra se recuperar.
    Fico triste por meus amigos de infância e familiares. 😐

  11. Sim. Morro de vontade de ir pra i com mha mulher e filha. Pena que meu visto foi negado final do ano passado.

  12. excelente sua postagem minha mãe esta indo pra houston mas precisamente em cypress não sei se vc conhece em março ja ta com emprego certo e lugar certo para ficar e dependendo de como vai se desenrolar as coisa la ela vai me chamar pra ficar com ela la vai fazer alguns contatos pra ve se consegue algum trabalho pra mim em houston espero que de tudo certo poque eu quero fazer uma faculdade de medicina la pois em houston tem os maiores e melhores centro médicos do mundo.
    não aguento mais ficar num país sem esperança de um futuro a gente anda pela rua e ve o rosto das pessoas com olhar de desanimo de desesperança em tudo,e sei que DEUS não que isso pra mim nem eu quero não quero afundar junto com esse país antes que isso aconteça eu quero ta e longe do brasil se DEUS quiser da uma vida digna pra minha família

  13. Concordo com voce 100%.Trabalhei 30 anos no Brasil a maior parte como secretaria bilingue ou empresas que exigiam ingles (COCA-COLA,CHASE BANK,ETC) com um bom salario e quando pedi minha aposentadoria BRASILEIROS E BRASILEIRAS ME APOSENTARAM COM 1 SALARIO MINIMO. Descontos enormes todos os meses, em torno de 8 salarios e na hora da realidade…1 salario. Esse Pais e uma comedia, INSS cheio de roubos e falcatruas e voce trabalhador(a) que vem ralando todos esses anos, recebe essa merreca de aposentadoria. No Brasil secretaria nao tem hora para sair (esclarecendo),porque nao marca ponto pois o chefe nao gosta de chegar cedo em casa para nao acostumar mal a esposa, entao a secretaria que se lixe, nao pode ter familia e se tiver a mesma tem que estar em segundo plano. Viva Brasil. Vivo aqui ha 20 anos e infelizmente nao pude vir mais cedo. Aqui ha acidentes de carro, crimes, etc. mas existe seguranca e respeito pelos mais velhos. Se voce maltratar um idoso, uma crianca ou um animal se prepara voce se meteu num grande problema sujeito a prisao. Politico aqui vai para cadeia, gente rica tambem, medicos perdem a licenca, etc Nao sao perfeitos mas tentam pois ninguem e perfeito.
    Nota Final – O ultimo a sair apague a luz.

  14. Bom texto. Pretendemos pelo visto L1 ……ou primeiro imovel ….certo que no Brasil nao da mais….

    Se souber de algurm que tenha lancamentos imobiliariose orlando basicos ate m3dianos estou as prdens.

  15. Cheguei da Flórida há 20 dias. Fiquei lá por 40 dias.tudo o que você disse é real é perfeito. Exatamente assim. Tenho a intenção de morar lá. Mas…. Trabalhar em que? Em seu texto você também não fala a respeito. Não adianta ter boas razões para morar nos EUA, se não tiver ideia do que fazer lá para sobreviver.

    • Regina, isto você mesma tem que responder. Veja suas qualificações, suas finanças, veja se quer estudar primeiro. Ou procure uma empresa especializada na área. Infelizmente eu não dou este tipo de assessoria. Boa sorte!

  16. Posso falar de 1000 razões para viver no BRASIL. Uma é que só os fortes ficam, os covardes vão morar nos EUA

    • Existem 1000 razões para morar aqui ou no Brasil, assim
      Como vc pode achar 1000 razões para NÃO morar, tanto nos EUA como no Brasil. Discordo totalmente do seu comentário. Forte é quem sai de sua zona de conforto, da casa da mamãe, com a comidinha no prato, a roupinha passada, ou quem deixa um emprego onde conhece tudo e
      todos (e domina o idioma), para se aventurar em Outros mares. Boa sorte pra você navegando em terras brasileiras!

    • Vida de Imigrante é começar a vida do 0, Não pedi p/ nascer no Brasil mas sim p/ ser cidadão Americano, são poucos que tem peito e Coragem p/ poder ser chamados de Imigrante, os outros que querem ficar no seu conforto de País (QUE ESTÁ INDO A MERDA POUCO A POUCO) ,onde falam a língua. Moram com os Pais, etc esses sim são COVARDES.

  17. Jacira Simoes gomes // 24 de janeiro de 2016 em 11:28 AM // Responder

    Por favor estou aguardando orientaçoes de voces.

  18. Jacira Simoes gomes // 24 de janeiro de 2016 em 11:21 AM // Responder

    Minha filha esta estudando Ingles àe gostaria de continuar la quase um ano. Ela esta em Loisanges-California. Estar super encantada.Ela precisa de orientaçoes para permanecer no pais. Aqui no Brasil ela fez faculdade em Administraçao Geral de Empesas. Aguardo contato.

    • Jacira, eu não dou este tipo de consultoria. Mas de forma geral As únicas formas dela permanecer no país é prorrogando o visto de estudante ou arrumando um emprego que patrocine seu visto. Boa sorte!

  19. Eu gosto muito dai dos EUA! , mas gostaria que vc falasse também das coisas ruins que tem observado por ai! Ou não tem nada ruim? Sempre fui como turista, com dinheiro no bolso, e sempre vi só as coisas boas! Ninguém fala de nada de ruim!!!! Vc poderia nos ajudar mostrando a realidade completa de viver ai!!! Coisas boas e ruins! Abs.
    Obrigado.

    • Adail, Ja escrevi um recto sobre o sistema de Saude daqui e outro sobre a questao das armas, e os dois são textos críticos. Mas tem outros textos “no forno”, aguarde!

  20. Quero sair do Brasil eu e família! Não aguento mais essa bandalheira aqui!

  21. Parabéns, uma excelente abordagem. Somos explorados pelo poder público de todas as formas, e não recebemos nada em troca. Tudo que vem do governo é de péssima qualidade, pois fomos escravos e continuamos escravos, com mentalidade de 5º mundo. Hoje o Brasil e principalmente nos grandes centros não nos favorece em nada. SOMOS EXPLORADOS E NÃO PERCEBEMOS ISSO! Não sabemos cobrar nossos direitos e os eleitos para nos defender, só têm em mente roubar, roubar, roubar. Viva os EUA, viva países desenvolvidos em que se respeita o cidadão!

  22. Apenas a parte da educação para meus filhos ja basta.
    Estamos indo logo.
    Abs e sucesso.
    Obrigado pelas dicas!!!

  23. Amo viver aqui!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Gostou? Compartilhe: